Notícias :: Cultura

Home > Notícias > Cultura

Fascismo e neopopulismos são tema de palestra virtual do professor Karl Schurster (UPE), promovida pelo CCBA e seguida de debate


Atividade faz parte do projeto Alumni CCBA e ocorre no dia 26 de novembro, inscrições estão abertas

O Centro Cultural Brasil-Alemanha (CCBA) promove na quinta-feira (26/11), às 19h, a palestra virtual “Por que recordar Weimar? Uma análise comparativa entre o passado e o presente”, com o Prof. Dr. Karl Schurster (Universidade de Pernambuco). Após a fala do pernambucano, haverá um debate com participação do Prof. Dr. Bruno Sancci (Universidade Nacional da Patagônia). 
 
O momento de estudo, reflexão e debate voltado sobretudo para cientistas sociais tem acesso gratuito, mas há um limite de 100 vagas. Os interessados em conseguir uma delas devem preencher o formulário abaixo até às 15h da quinta-feira (26/11), explicando qual sua motivação em participar. O CCBA entrará em contato por e-mail para confirmar a inscrição e compartilhar o link da sala virtual. 
 
“Não há dúvidas que a história não se repete nem como tragédia, tampouco como farsa. Contudo, é inegável que traços de um passado recente são encontrados em nosso tempo presente. A pergunta fundamental é se toda crise da democracia, como a dos anos 20 do século passado, precisa reviver o espectro do fascismo como uma alternativa política e social”, instiga Karl Schurster.
 
Como uma prévia do encontro virtual, no qual serão feitas comparações entre a República de Weimar e o que as sociedades enfrentam atualmente, o professor Karl Schurster lança uma série de questionamentos: “Estaríamos realmente vivendo uma época de neopopulismos? São realmente fascistas os governos em andamento das mais diferentes “direitas radicais”? Como uma sociedade doente, com profundo mal-estar e que culminou com o Nazismo tenha produzido tanta arte, cultura e inteligência ainda parece um mistério a ser discutido. E nós, como nos colocamos hoje frente a esse passado que insiste em não passar?”.
 
 
Weimarer Republik. Foto: Picture-Alliance / DPA / DPA Fotoreport
 

ALUMNI CCBA

 
A UPE e o CCBA  são parceiros em ações de intercâmbio acadêmico e cooperação científica realizadas entre o Brasil e a Alemanha. Alumni do CCBA, o professor Karl Schurster, ministrou em 2019 outra palestra promovida pelo centro cultural, intitulada Alemanha ontem e hoje: a história de um passado que não passa
 
A próxima palestra do professor, sobre facismo e neopopulismos, marca o início de uma série de eventos programados pelo CCBA nos quais ex-alunos e ex-alunas vão debater questões contemporâneas. 
 

PARTICIPANTES

 

Karl Schurster possui Doutorado em História Comparada na Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJ, com estágio de pesquisa na Freie Universität Berlin. Realizou o primeiro estágio de Pós Doutorado na Universidade Federal Rural de Pernambuco com período de pesquisa na Universidade Nacional de La Plata/Argentina e segundo Pós Doutorado na Universidade Livre de Berlim (2017). Organizou juntamente com Francisco Carlos Teixeira da Silva e com Francisco Eduardo Alves de Almeida a obra Atlântico: a história de um oceano (Civilização Brasileira), vencedora do Prêmio Jabuti (2º lugar em Ciências Humanas 2014). É um dos organizadores das obras Por que a guerra? das batalhas gregas à ciberguerra - uma história da violência entre os homens (Civilização Brasileira - 2018); O Brasil, Segunda Guerra Mundial; Campos da Política: práticas e discursos; Caminhos da Integração Sul Americana e Políticas Educacionais, ensino e traumas coletivos, dentre outras. Escreveu o livro infanto juvenil Ester, uma estrela na guerra. Participa como historiador convidado do projeto 1914-1918-online. International Encyclopedia of the First World War, organizado pela Freie Universität e pelo Friedrich-Meinecke-Institut. É professor permanente do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade de Pernambuco.  Atualmente é Diretor de Relações Internacionais, exerce a coordenação científica da EDUPE/UPE e é Coordenador Acadêmico do Mestrado Profissional em Ensino de História/Prof. História - UPE. 

 

Bruno Sancci é professor e pesquisador na Universidad Nacional de la Patagonia San Juan Bosco nas áreas de Pesquisa, Didática do ensino da História e Problemáticas do Mundo Atual 2, e do ISFDA 805 de-Trelew (História Contemporânea). Autor dos livros El Chubutazo e La colonización española en la Patagonia e do documentário A memória de Janusz.  Organizador de mostras artísticas, viagens acadêmicas e visitas de pesquisa e aprendizagem a sítios históricos.