Notícias :: Cultura

Home > Notícias > Cultura

Filme sobre a Bauhaus é exibido no Recife pelo Festival de Cinema Europeu


Mostra ocorre de 25 a 28 de junho, na Aliança Francesa e Instituto Cervantes, e tem entrada gratuita

O documentário Construindo o futuro – 100 anos de Bauhaus / Vom Bauen der Zukunft - 100 Jahre Bauhaus (2018) faz parte da programação no Festival de Cinema Europeu em 2019. O filme sobre a escola de arte e arquitetura alemã é exibido na quinta-feira (27/6), às 19h, no Instituto Cervantes. Com a obra, os diretores Niels Bobrinker e Thomas Tielsch buscam mostrar como a Bauhaus segue inspiradora e suas ideias fazem parte do pensamento moderno sobre o espaço.

Todas as sessões do evento, que ocorre de 25 a 28 de junho, com atrações também na Aliança Francesa, têm entrada gratuita. O tema desta edição é futuro.

Os organizadores da mostra defendem que "Os filmes selecionados captam um planeta em transe, seja pelos visíveis efeitos da crise ambiental (caso do documentário Ouro Verde (Bélgica) ou pelas soluções tecnológicas que permeiam as relações sociais e afetivas (tema presente em Inimigo Confidencial, República Tcheca/Eslováquia). O desafio de projetar novos horizontes para a vida nas cidades está colocado em obras como Construindo o futuro – 100 anos de Bauhaus (Alemanha) e Bike versus Cars (Suécia)".

O Festival de Cinema Europeu começou em Brasília e, além do Recife, também chega a Aracajú, Belém, Belo Horizonte, Curitiba, Florianópolis, Goiânia, Manaus, Porto Alegre e Salvador. Confira abaixo a programação da mostra na capital pernambucana.

 

FESTIVAL DE CINEMA EUROPEU

 

ALIANÇA FRANCESA

 

25 de junho | 19h
 
Liza, a fada-raposa (Hungria)
 
Título original: Liza, a rókatündér
Direção: Károly Ujj Mészáros
Ano: 2015
Duração: 98 minutos
Gênero: comédia
Classificação indicativa: 16 anos
 
Sinopse: ??Na Budapeste de 1970, a enfermeira Liza (Mónika Balsai) sonha com um romance. Porém, todos os seus pretendentes morrem de forma extrema e violenta, fazendo ela temer o pior: seria ela uma fox fairy, um demônio da mitologia japonesa? De acordo com a lenda, todos que se apaixonam por ela morrem logo em seguida.
 
 
26 de junho | 19h
 
Darling (Dinamarca)
 
Título original: Darling
Direção: Brigitte Staermose
Ano: 2017
Duração: 102 minutos
Gênero: drama
Classificação indicativa: 11 anos
 
?
Sinopse: Depois de anos no exterior, a famosa bailarina Darling volta a Copenhague para protagonizar “Giselle”, peça clássica que será coreografada por seu marido Frans. Durante os ensaios, porém, Darling se fere gravemente e vê seu futuro desmoronar: ela não poderá voltar a dançar novamente. Darling não quer desistir e decide treinar sua substituta, a bailarina Polly. A jovem se torna o centro das atenções de Frans e o mundo de Darling está prestes a desabar outra vez.
 
 
27 de junho | 19h
 
Bikes versus carros (Suécia)
 
 
Título original: Bikes versus cars
Ano: 2015
Direção: Fredrik Gertten
Gênero: documentário
Classificação Indicativa: livre
 
?
Sinopse: A bicicleta é uma ferramenta incrível para a mudança. Contra os imensos problemas urbanos, ela surge cada vez mais como uma solução “faça você mesmo”. Mas as mortes de ciclistas no trânsito ainda são diárias e eles exigem faixas seguras. O ex-correspondente internacional e colunista Fredrik Gertten coleciona experiências na África, na América Latina, na Ásia e em toda a Europa. Em Bikes versus carros, ele mostra como ativistas e cidades em todo o mundo estão se movendo em direção a um novo sistema.
 
 
28 de junho | 17h30
 
O último poço (Croácia)
 
Título original: Posljednji Bunar
Direção: Filip Filkovi?
Ano: 2017
Duração: 20 min
 
Sinopse: O ano é 2037 e a Europa está em frangalhos. O proprietário do último poço com água limpa e natural vive na Croácia. Depois que uma de suas vendas de água potável termina em um banho de sangue, ele se torna marido e padrastro. Mas, quando o poço seca, ele é forçado a fazer um último "comércio".
 
 
28 de junho | 17h50
 
Que estamos esperando? (França)
 
Título original: Qu’est-ce qu’on attend?
Direção: Marie-Monique Robin
Ano: 2016
Duração: 119 minutos
Gênero: documentário
Classificação indicativa: livre
 
?Sinopse: Quem acreditaria que a campeã internacional das cidades em transição é uma pequena comunidade francesa? No entanto, Rob
Hopkins, fundador do movimento das cidades em transição, é quem diz isso. ''O Que estamos esperando?'' conta como uma pequena cidade da Alsácia, de 2200 habitantes, começou o processo de transição para a era pós-petróleo, decidindo reduzir seu impacto ambiental.
 
 

INSTITUTO CERVANTES

 

25 de junho | 19h
 
Amanhecer em Kimmera (Chipre)
 
 
Título original:  Sunrise in Kimmeria
Direção: Simon Farmakas
Ano: 2018
Duração: 100 minutos
Gênero: comédia
Classificação indicativa: 12 anos
 
?
Sinopse: Uma vila remota do Chipre se torna tragicômica quando um objeto não identificado cai em uma plantação de batatas em uma área de controle da ONU. Um jovem fazendeiro cava o objeto que desencadeia uma série de eventos.
 
?
26 de junho | 19h
 
The startup - Dá play no seu futuro (Itália)
 
Título original: Accendi il tuo futuro
Direção: Alessandro D'Alatri
Ano: 2017
Duração: 97 minutos
Gênero: drama biográfico
Classificação indicativa: 14 anos
 
Sinopse: Matteo Achilli tem 18 anos e quer se tornar um nadador de sucesso. Seu treinador, no entanto, favorece seu próprio filho, que treina no mesmo time de Matteo, mas não é tão bom quanto ele. O jovem não desanima e resolve procurar sua revanche: matricula-se em uma prestigiada universidade e cria um aplicativo capaz de classificar candidatos para diferentes tarefas profissionais usando um algoritmo matemático que avalia o mérito. O filme é baseado em fatos reais.
 
 
27 de junho | 19h
 
A construção do futuro - 100 anos da Bauhaus (Alemanha)
 

 

 

Título original: Vom Bauen der Zukunft - 100 Jahre Bauhaus
Direção: Niels Bolbrinker, Thomas Tielsch
Ano: 2018
Duração: 95 minutos
Gênero: documentário
Classificação indicativa: livre
 
Sinopse:Partindo da Bauhaus como utopia social, Niels Bobrinker e Thomas Tielsch investigam a evolução dessa importante escola de arte e arquitetura e sua capacidade de seguir inspirando ao longo dos últimos 100 anos. Como as ideias da Bauhaus poderiam fazer frente ao capitalismo global e ao rolo compressor dos mercados habitacionais? O filme é muito mais que uma história da construção; ele consegue desenhar uma história da cultura do pensamento moderno sobre o espaço, que é tão envolvente quanto esclarecedora. A CONSTRUÇÃO DO FUTURO – 100 ANOS DA BAUHAUS nos faz passear, boquiabertos e apaixonados, pelos espaços do modernismo, sabendo que, daqui para frente, iremos enxergar a criação das formas com um olhar totalmente diferente.


 
28 de junho | 19h
 
Os exilados românticos (Espanha)
 
Título original: Los exiliados románticos
Direção: Jonás Trueba
Ano: 2015
Duração: 70 minutos
Gênero: drama romântico
Classificação indicativa: 12 anos
Sinopse: Três amigos realizam uma viagem em busca de amores idílicos e efêmeros. O que eles pretendem é experimentar novas emoções, algo que faça se sentirem vivos. Pode ser uma tentativa de gastar os últimos momentos da juventude com certo heroísmo, mas talvez seja mesmo uma mostra da decadência do gênero masculino.
 
 
29 de junho | 15h
 
O galho de prata (Irlanda)
 
Título original: The Silver Branch
Direção: Katrina Costello
Ano: 2017
Duração: 75 minutos
Gênero: documentário
Classificação indicativa: livre
 
?
Sinopse: ?Um elogio cinematográfico à natureza e à cultura agrária e um vislumbre da vida do fazendeiro/poeta Patrick McCormack, descendente de gerações de fazendeiros que viveram na região ‘Burren’, no Condado de Clare. Essa estreia da diretora Katrina Costello, que filmou muitas sequências da natureza de tirar o fôlego, cria uma experiência de visualização que é profundamente meditativa, levando a uma profunda conexão com o ambiente natural e uma maior conscientização de nosso papel na proteção do nosso planeta vulnerável.
 
 

ENDEREÇOS

 

 
Aliança Francesa - Rua Amaro Bezerra, 466, Derby.  Fone: 3202-6262
 
Instituto Cervantes Recife - Av. Gov. Agamenon Magalhães, 4535, Derby. Fone: 3334-0450