AGREGA: Conheça ações que reúnem energias alternativas e agroecologia em Pernambuco | CCBA

Notícias :: Cooperação

Home > Notícias > Cooperação

AGREGA: Conheça ações que reúnem energias alternativas e agroecologia em Pernambuco


Na semana do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado dia 5 de junho, saiba mais sobre o Projeto AGREGA - Agroecologia com Energias Alternativas

 
Oito iniciativas nas áreas de agroindústria comunitária, irrigação e psicultura estão sendo desenvolvidas neste momento em municípios do interior de Pernambuco como parte do Projeto AGREGA. A iniciativa da Ong alemã Brasilieninitiative Freiburg e.V. e do Centro Cultural Brasil-Alemanha (CCBA) foi lançada em 2018 com o intuito de reforçar a agroecologia com a utilização de energias renováveis em Pernambuco.
 
A ideia é que as experiências de agricultores e associações participantes, distribuídas entre os municípios de Afogados da Ingazeira, Brejo da Madre de Deus, Exu e Pesqueira, contribuam para a melhoria de vida nestes locais (já que o trabalho contempla questões como a segurança alimentar das famílias e a proteção da biodiversidade). Mas a expectativa dos organizadores e participantes vai além do local.
 
Com a conclusão da etapa de desenvolvimento dos trabalhos no interior de Pernambuco, prevista para 2020, serão criados modelos que podem ser reproduzidos em maior escala e estimular políticas públicas inovadoras em outros lugares. O Projeto AGREGA conta com apoio do Governo Alemão através da organização Enagement Global (saiba mais).
 
 
 
 
 
Participantes do Projeto Agrega desenvolvem ações no campo e na sala de aula. Fotos: Catarina de Angola 
 

GEORG MARCGRAVE

 
Outra iniciativa do CCBA para o setor ambiental é a Bolsa Georg Marcgrave – Diálogos Internacionais em Políticas e Projetos Ambientais. Com ela, um pernambucano estudante de graduação ou pós recebe apoio financeiro e logístico para realizar uma viagem de pesquisa por Leipzig e a Região da Saxônia e Saxônia-Anhalt, terra natal do naturalista alemão Georg Marcgrave. O primeiro contemplado é David Beltrão Simons Tavares de Albuquerque, doutorando em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco e aluno do CCBA (saiba mais).