Notícias :: Cultura

Home > Notícias > Cultura

Ator Bruno Ganz, de filmes como Asas do Desejo e A Queda, morre aos 77 anos


O ator suíço Bruno Ganz morreu na madrugada de sábado (16/2), aos 77 anos. O artista tinha câncer de cólon. Entre os papéis mais famosos de Bruno Ganz estão o anjo Damiel, do filme Asas do Desejo (1987), de Wim Wenders, e o ditador Adolf Hitler, de A Queda - As Últimas Horas de Hitler (2004), dirigido por Oliver Hirschbiegel.

Dieter Kosslick, diretor do Festival de Berlim, anunciou a morte de Bruno Ganz durante a Berlinale 2019: "Estamos tristes com a perda de Bruno Ganz, que inspirou gerações de fãs de cinema. Agora ele está verdadeiramente nos céus acima de Berlim", afirmou. 
 
No site da Berlinale, destaca-se que Bruno Ganz "foi um companheiro de longa data do festival, bem como um convidado frequente com numerosos filmes. Bruno Ganz fez parte da história do cinema internacional como um dos maiores e mais versáteis atores, não menos importante foi seu papel inesquecível como anjo em Asas do Desejo, de Wim Wenders".
 
 
 
Bruno Ganz na Berlinale, em 2017, quando estreou o filme A Festa, de Sally Potter. Foto: Gerhard Kassner / Berlinale
 

BRUNO GANZ

 

Um dos últimos personagens de Bruno Ganz no cinema foi no filme A Casa que Jack Construiu (2018), de Lars von Trier. Ele interpretou Virgil, interlocutor do serial killer da história, Jack, vivido por Matt Dillon. A carreira do ator suíço inclui obras como A Marquesa d'O (1976), de Éric Rohmer; O Amigo Americano (1977), também de Wim Wenders; Pão e Tulipas (2000), de Silvio Soldini; e O Leitor (2008), de Stephen Daldry.