Notícias :: Cultura

Home > Notícias > Cultura

Prêmio Eduardo Souza de Artes Visuais está com inscrições abertas, confira o edital


O Centro Cultural Brasil-Alemanha (CCBA) lança o Prêmio Eduardo Souza de Artes Visuais 2019 para selecionar dois projetos de artistas, grupos ou curadores iniciantes, residentes em Pernambuco. As propostas serão desenvolvidas com acompanhamento das artistas Ana Lira (BRA) e Karen Packebusch (ALE) e apresentadas publicamente em uma mostra de processos na sede do CCBA, em agosto de 2019.

© Kupferstich-Kabinett, Staatliche Kunstsammlungen Dresden, Foto: Herbert Boswank 

 

A obra do alemão Zacharias Wagener reproduzida acima é o ponto de partida para a reflexão acerca das narrativas criadas sobre a população negrodescentente no Brasil proposta pelo CCBA para esta edição do Prêmio Eduardo Souza de Artes Visuais.

Recife  foi  uma  das  primeiras  cidades  do  Brasil  a  entrar  na  rota  do  tráfico  de  pessoas  e  a implantar  sistemas  escravistas.  Entre  as  diversas  imagens  realizadas,  na  época,  está  a  pintura  do alemão Zacharias Wagener, produzida no século 17. Uma vista de um mercado público em que povos negros forçados à escravidão eram vendidos para comerciantes da região. 

Se Wagener, no século 17, foi um observador da implantação, em Recife, de um dos maiores sistemas de violência da humanidade, que posicionamentos cabem aos artistas, curadores e pesquisadores da arte na contemporaneidade? 

A  proposta  deste  edital  é  partir  dos  questionamentos  gerados  por  esta  imagem  para  refletir, dentro  do  campo  das  artes  visuais,  os  espaços,  estratégias,  metodologias,  técnicas,  simbologias, ritualísticas  ou  quaisquer  outros  caminhos  de  materialização  de  respiro  e  reflexão  crítica  que  visam tanto rever historicamente a narrativa oficial quanto descolar as narrativas negrodescendentes do peso da imagem e das experiências criadas pelo sistema escravista.

Para isso, o edital solicita o envio de propostas que possam ativar duas proposições:

A primeira evoca a necessidade de olhar para a trajetória das populações negrodescendentes por outros caminhos, que não sejam os dos corpos eternamente subjugados. Que outras trajetórias os descendentes destas populações escravizadas escreveram? Quais as potências produzidas pelas experiências da diáspora na cultura brasileira, após séculos de cárcere, violências e silenciamentos?

A segunda solicita o reconhecimento de uma narrativa de violência e seus impactos nas relações  econômicas,  sociais  e  de  trabalho  130  anos  após  a  assinatura  da  Lei  Áurea.  Quais dinâmicas na sociedade brasileira ainda carregam resquícios deste sistema na vida contemporânea, incluindo o campo da arte?

EDITAL

 

O edital do Prêmio Eduardo Souza de Artes Visuais 2019 foi lançado nesta segunda-feira (10/12), durante a inauguração da mostra Pioneiras / Doing The Dirty Work. A mostra reúne algumas obras que a artista alemã Karen Packebusch tem desenvolvido ao longo dos anos com o projeto Doing The Dirty Work em várias cidades do mundo, incluindo o Recife.